Arquivo da tag: Tablets

O que significa o valor de “mAh” das baterias

Quanto mais a mobilidade avança, mais importante vão ficando as baterias e, cada vez mais a sigla “mAh” começa a fazer parte do vocabulário tecnológico. Supostamente, um número maior ao lado destas letras significaria que a bateria dura mais, o que é bom, certo?

Não necessariamente. “mAh” significa “miliampère-hora” e não é uma medida de energia, nem de qualidade, nem de duração da bateria. De uma forma mais resumida, ela significaria a capacidade de armazenamento, o que indica que uma bateria com um maior número de “mAh” é mais resistente do que uma com um menor valor.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Mas essa é uma forma muito simplista de observar o significado. Entrando em um aspecto mais técnico, a medida está relacionada com a quantidade de tempo que a bateria é capaz de suportar uma determinada corrente. E isso está diretamente relacionado ao consumo do aparelho.

Explicando: uma bateria com 2.000 mAh conseguirá abastecer um celular, por exemplo, que consuma 200 mA por até 10 horas. Uma bateria de 3.000 mAh, que teoricamente tem mais capacidade, por sua vez, abastece um aparelho de 350 mA por cerca de 8 horas e meia.

Portanto, de nada adianta ter uma bateria com uma supercapacidade se o aparelho consumir energia demais. E o consumo regrado de bateria passa por escolhas de design inteligentes.

Processadores ultrarrápidos podem ser práticos para usabilidade, mas tendem a gastar mais bateria, assim como telas de alta definição, que também são fatores decisivos para que sua bateria seja sugada. Os softwares também são extremamente importantes nessa questão, porque eles definem a quantidade de processamento que seu dispositivo precisa utilizar.

Então é importante saber: um valor maior de “mAh” realmente define uma bateria mais capaz, mas isso não significa que um celular vai permanecer funcionando por mais tempo que outro só porque a fabricante anuncia um valor maior. Outros fatores de hardware e software precisam ser considerados antes de ser estabelecida a duração de sua bateria.

Fonte: Olhar Digital

No Acre, mais de 2 mil tablets são entregues aos Professores

Professores do Acre recebem mais de 02 mil tablets.

Para oferecer aos professores novas ferramentas tecnológicas e melhorar a elaboração dos conteúdos das aulas, todos os professores da rede pública do Acre que atuam no ensino médio estão recebendo tablets do governo do Estado. A entrega dos tablets faz parte do Programa Educação Digital e os recursos são provenientes do Plano de Ações Articuladas (PAR) totalizando R$ 857 mil.

Em todo o Estado, foram entregues 2.411 tablets equipados com conteúdos educacionais, aplicativos de comunicação e interação, portais educacionais do Ministério da Educação, publicações especializadas, ferramentas de edição de imagens e outros. Além dos aplicativos educacionais podem ser utilizados para acessar a internet.

Mais de 2 mil tablets foram entregues para os professores do ensino médio no Acre (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Mais de 2 mil tablets foram entregues para os professores (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Os primeiros equipamentos foram entregues para os professores da rede estadual, lotados no ensino médio, em Cruzeiro do Sul, com a entrega de 272 tablets para os professores no inicio do mês de agosto.

No jordão, os 18 professores que lecionam para o ensino médio receberam tablets com conteúdo pedagógico.  Em Santa Rosa, foi anunciada a entrega de 16 tablets. Assis Brasil, Capixaba, Senador Guiomard, Porto Acre também receberam os equipamentos.

Na manhã do último dia 21,  foram entregues 1.113 equipamentos para os educadores de Rio Branco, capital do Acre.

“No meu tempo não havia tecnologia disponível além do rádio, depois chegou a televisão. O que quero dizer a vocês é que os sonhos e a determinação em realizá-los é o que muda o destino. Eu não tive os recursos que vocês têm hoje, e lutei para me tornar médico e professor. A educação é nosso maior bem”, incentivou o governador do Estado Acre, Tião Viana.

Tião Viana disse ainda que 4 horas de navegação bem dirigida na internet podem equivaler a 1 mês inteiro de aulas tradicionais. “Mas há valores que só os professores podem passar, que é a cidadania, o respeito ao próximo, a dignidade, o caráter, o voluntariado, o companheirismo. Essa é a missão a ser construída por vocês nas salas de aula”, disse.

Professores receberam tablets das mãos do Governador Tião Viana (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Professores receberam tablets das mãos do Governador Tião Viana (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Inclusão digital no Acre

A inclusão digital no Estado tem como exemplo, o programa Floresta Digital, distribuição de netbooks para os alunos do ensino médio em 2011 e atualmente a entrega de tablets como parte do programa Educação Digital, que tem como objetivo instrumentalizar e formar professores e gestores das escolas públicas brasileiras para o uso interativo das tecnologias de inclusão digital no processo de ensino-aprendizagem.

“Com o acesso aos tablets, os professores certamente poderão preparar conteúdos muito melhores, terão acesso a milhares de aulas que são compartilhadas e a um banco de dados nacional preparado para facilitar essa relação do professor com o aluno no universo digital. Esses equipamentos vão possibilitar que os professores estejam mais bem preparados”, observou o senador Aníbal Diniz.

Segundo o secretário de Educação, Daniel Zen, os professores terão mais condições de preparar as aulas e não ficarão de fora no processo da evolução tecnológica, das novas ferramentas. Os professores que receberem os tablets assinaram um termo se responsabilizando pelo equipamento e terão o CPF vinculado.

Para a professora Jacimara de Sousa Araújo, a educação do Acre vive um novo momento. “Os professores também são responsáveis por repassar conteúdos atualizados e inseridos com as novas tecnologias. Nossos alunos hoje são inseridos num mundo globalizado. Os tablets representam mais um desafio e aprendizado para os professores da rede pública de ensino”, declarou a professora.

Em todo Estado mais de 02 mil tablets entregues (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Em todo Estado mais de 02 mil tablets entregues (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Com informações da Agência de Notícias do Acre.

– Leia também: Professores de Roraima recebem mais de mil tablets educacionais

Uninorte abre inscrições para Cursos de SCRUM, Desenvolvimento Mobile e AutoCAD

AutoCAD, Desenvolvimento Mobile e SCRUM serão oferecidos em curso de extensão.

AutoCAD, Desenvolvimento Mobile e SCRUM serão oferecidos em curso de extensão.

A União Educacional do Norte (Uninorte/AC) está com inscrições abertas para 3 (três) cursos de extensão na área de tecnologia da informação (TI). Os cursos com previsão de inicio para o mês de abril serão práticos e serão ministrados por professores e profissionais conceituados e emissão de certificados.

O curso de Desenvolvimento Mobile terá como objetivo a aplicação de tecnologias Java Micro Edition (JME) e Android. O professor Marcos Paulo que atuou como Gerente de Produtos Web da Globo.com ministrará o curso de SCRUM, uma metodologia utilizada na aplicação de projetos de desenvolvimento de software.

Para os interessados em utilizar ferramenta para elaborar desenhos técnicos e arquitetônicos, como o AutoCAD, a Uninorte também oferecerá um curso com certificação reconhecida pelo MEC.

Veja mais informações sobre os Cursos:

1- DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

O curso tem por objetivo conhecer e aplicar as tecnologias de JME e Android no desenvolvimento de aplicativos para celulares, smartphones, tablets e outros aparelhos portáteis, no intuito de realizar a criação de soluções inteligentes ao mercado.

Conteúdo: 1. Introdução à Programação Orientada a Objetos 2. Java Micro Edition (JME) – Arquitetura, Ciclo e Ambientes de Desenvolvimento, O Emulador JME Wireless Toolkit, Pacote de Classes de Interface com o Usuário, Pacote de Classes para Armazenamento Persistente
3. Android – Fundamentos, Componentes de telas, Layouts, Intents, View 4. Estudo de caso.

Professor: Maicon Vasconcelos (Bacharel em Sistemas de Informação com experiência no desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis);

Período: 06/04 a 04/05 (somente aos sábados, manhã e tarde) com carga-horária de 40h.

Investimento: R$ 280,00 (divide em 2x no cartão) + R$20,00 (inscrição)

2- MÉTODOS ÁGEIS COM SCRUM

O objetivo do curso é apresentar o framework Scrum, seus papéis, artefatos e eventos, de forma que o aluno possa compreender o funcionamento do framework e aplicar o Scrum em seus projetos.

Conteúdo: A Origem dos Métodos Ágeis; Sistema Toyota de Produção e Produção Enxuta; Agilidade; Manifesto Ágil, Valores e Princípios Ágeis; Práticas Ágeis; Declaração de Interdependência; Comparação entre Métodos Ágeis e Métodos Tradicionais; Gerência Ágil de Projetos com Scrum; Origens do Scrum; O Ciclo do Scrum: a Sprint – Os Papéis do Scrum; Os Artefatos do Scrum; As Cerimônias do Scrum; Outros Métodos de Gerência Ágil de Projetos; Estudos de Caso de Aplicação.

Professor: Marcos Garrido (Mestre em Administração com ênfase em Marketing pela PUC-RIO, possui as certificações CSPO, CSD e CSP pela Scrum Alliance e atuou como Gerente de Produtos Web no portal Globo.com)

Período: 18, 19 e 20 de abril (manhã e tarde, sendo dia 20 só pela manhã) com carga-horária de 20h.

Investimento: R$ 900 (divide em 10x no cartão) + R$50,00 (inscrição)

3- CURSO DE AUTOCAD

O AutoCAD é um programa que fornece funções para a criação de projetos profissionais, como criação de plantas de construções, trabalhar com desenhos técnicos, modelar em três dimensões e realizar diversas outras tarefas.

Requisitos: Conhecimento Básico de Informática.
Período: 20 encontros de 3h/a

Investimento: R$ 270,00 (até 2x no boleto ou 3x no cartão de crédito) + R$ 20,00 (Taxa de Inscrição)

MATRÍCULAS

Para se inscrever em um dos cursos ou obter mais informações, os interessados devem entrar em contato no seguinte endereço: UNINORTE – No Setor de Relacionamento com Mercado (SRM) – localizado na BR 364 Km 02 – Alameda Hungria, 200 Jardim Europa II. Telefones para contato: 9989 1019 / 9985 8487 / 3302 7052.

Netbooks chegam ao fim acer asus sony philco acabou

O fim dos netbooks

Netbooks chegam ao fim acer asus sony philco acabou

(Foto: Reprodução/AcreTI)

Os netbooks chegaram ao fim! Os computadores portáteis pequenos no tamanho, no preço e na capacidade chegaram ao fim.

Os produtos que entraram no mercado em 2007 chegam ao fim em 2012. As duas únicas companhias que continuaram fabricando netbooks, Asus e Acer, afirmaram que não o irão mais produzir-los.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a ascenção dos tablets e smartphones a preços competitivos é um dos principais fatores da “morte” dos netbooks. Além disso, como os aparelhos possuem baixa margem de lucro devido a seus pequenos preços, sua produção tornou-se mais desinteressante conforme perdeu mercado.

O jornal ainda afirma que a Intel, fabricante dos processadores Atom que equipavam os netbooks, irá continuar a produzir tal processador para outros equipamentos.

Em 2011, a empresa de pesquisa Canalys revelou que as vendas de netbook caíram 25%, representando 29,4 milhões de vendas. Paralelamente, foram vendidos 63 milhões de tablets, que ganharam vantagens. 

Com informações do Olhar Digital

Fim_do_IPv4

Acabou! Protocolo IPv4 chegou ao Fim

O protocolo de navegação IPv4, desenvolvido nos anos 1960 e adotado como padrão em 1981, atingiu seu limite de navegação. Dessa forma, não será mais possível obter novos endereços de IP utilizando o formato.

O IP é o número que identifica cada dispositivo conectado à rede. O anúncio foi feito pelo Ripe NCC, consórcio de organizações de internet que regula o setor na Europa.

“Quando a internet foi projetada, parecia improvável que o número de endereços IP seria um problema. Entretanto, o limite do IPv4 foi ficando claro ao longo dos anos”, declarou o diretor do consórcio, Axel Pawlik.

Baseado em 32 bits, o IPv4 possui limite de 4,3 bilhões de combinações de endereços. Com o advento de smartphones e tablets, essa capacidade se tornou insuficiente.

Agora, o antigo protocolo passa a ser substituído pelo IPv6, capaz de oferecer 340 undecilhões (ou 3.4×10 elevado a 38) de combinações (um valor que pode ser considerado infinito). A mudança não deve afetar os usuários.

Conheça mais sobre o IPv6, com este Curso Online Gratuito: Curso de Introdução ao IPv6

Com informações da Info Online