Arquivo da tag: Senha

Gerenciar rede sem fio no Windows 8

Como mostrar todas redes sem fio do computador ou excluir um perfil de rede sem fio

A dica de hoje é rápida, simples e funcional!

Nas versões do Windows após o Windows 7, a opção de gerenciar rede sem fio não aparece mais na Central de Rede e Compartilhamento e agora para poder verificar as redes sem fio que o computador já se conectou é preciso usar a linha de comando (cmd).

Isto é importante quando, por exemplo, uma rede sem fio tem sua senha de rede alterada. Normalmente, se você já conectou naquela rede, aparecerá um “X” na lista de rede sem fio. E para resolver isso é preciso excluir o perfil de rede para reconectar.

Se você também precisa ver a chave de segurança (senha) da rede sem fio é preciso usar a linha de comando. Ou, quando você quer alterar a ordem de prioridade dos perfis para se conectar automaticamente. Vamos lá!

1- Inicie o executar (ou aperte as teclas Windows + R)
2- Digite: cmd
3- Com o prompt de comando aberto, digite a linha de comando desejado:

Para mostrar todos os perfil de rede sem fio do computador
netsh wlan show profiles

Excluir um perfil de rede sem fio
netsh wlan delete profile name=”NomeDaRede”

Monstrar uma chave de segurança (senha)
netsh wlan show profile name=”NomeDaRede” key=clear

Parar de se conectar automaticamente a uma rede sem fio FORA da área de alcance
netsh wlan set profileparameter name=”NomeDaRede” connectionmode=manual

Parar de se conectar automaticamente a uma rede sem fio DENTRO da área de alcance
Clique na rede sem fio que aparece na lista de redes e clique em Desconectar

Ao selecionar “conectar automaticamente” numa rede sem fio, a rede nova ficará no topo da lista.

———————————————————————–

Problemas comuns que estes procedimentos resolve:

– Perfil de Rede Wireless – SSID – aparece um “X” na lista de redes sem fio
– Como excluir uma rede sem fio no Windows 8 para não se conectar automaticamente?

Promoção Inova Ensino oferece qualquer curso de tecnologia por apenas R$ 99,99

Inova Ensino, parceira do Portal Luciano Augusto, realiza promoção de cursos online.

Promo_InovaEnsino

Sempre buscando a inovação em seus cursos e nas oportunidades de ensino, o site Inova Ensino, parceira do maior portal de cursos online do Brasil: Portal Luciano Augusto vem inovando e trazendo grandes novidades para os clientes.

Com um recheado portfólio de cursos nas mais diferentes áreas da tecnologia da informação e profissionais capacitados e formados na área de atuação, garantem a qualidade e a satisfação dos alunos. Além, das atualizações dos cursos que o aluno recebem sem pagar mais nada por isso.

O site Inova Ensino está com a SUPER-PROMOÇÃO em que o aluno paga somente R$ 99,99 (noventa e nove reais) por qualquer curso disponível no site. Isso mesmo! Cursos de design gráfico, webdesign, programação, 3D, criação de jogos/games e outros com a qualidade do Portal Luciano Augusto.

Por que fazer um curso na Inova Ensino?

Ao fazer um curso na Inova Ensino, você receberá a atualização do curso gratuitamente para vida toda, além de materiais grátis; Ao realizar o curso, você também poderá tirar suas dúvidas através do email e telefone pagando o valor de ligação local, já que o portal é um franqueado acreano.

Como participar da promoção?

Para participar, basta acessar o site – www.inovaensino.com.br – escolher seu curso e efetuar seu pagamento. Em caso de dúvidas, entre em contato através do email (atendimento@inovaensino.com.br) ou do telefone (68) 9962-9972.

Assinatura anual e Formações com desconto especial

A promoção também é válida para os planos de Formações e o Plano de Assinatura Anual, porém os valores sofrem alterações de acordo com o valor original de cada plano, ficando estabelecidos os seguintes valores para os mesmos:

  • Plano de Assinatura Anual: De R$660,00 por apenas R$ 450,00.
  • Formações: por apenas R$ 300,00.

Aproveite que essa promoção é válida somente até o dia 05/10/2013. Após essa data os valores dos cursos, formações e plano anuais voltam ao normal.

Perdeu a promoção?

Não se preocupe! O site AcreTI.net dá a você 10% de desconto em qualquer curso, basta clicar aqui e saber como ganhar.

Aproveite e participe das promoções AcreTI em nossa FanPage. Basta entrar AQUI e clicar em Participar! Temos um sorteio lá!

Saiba como remover vírus do Facebook e se proteger

Aprenda como remover os vírus do Facebook. A maior rede social do mundo tem se tornado o lugar mais propício para propagar vírus e várias pragas digitais.

(Imagem: Reprodução/AcreTI)

(Imagem: Reprodução/AcreTI)

Os malwares, como são chamados, disfarçados de aplicativos infestam a rede enganando os usuários com mensagens de “mude a cor do seu perfil no facebook“, “veja quem visitou seu perfil“, botão “deslike ou descurtir” e, recentemente, pessoas que são marcadas em publicações e sem saber clicam em links maliciosos que redirecionam o usuário páginas falsas e aplicativos são instalados no computador do usuário.

Os perfis infectados com os vírus ainda espalha outras publicações maliciosas através do perfil, sem que o usuário saiba ou autorize a publicação. Muitos dos links usados estão relacionados com anúncios de promoções falsas, vídeos, álbuns de fotos, prêmios e outros.

Este último, você já deve ter visto muito em sua timeline. O Facebook tem trabalhado para resolver esse problema. Mas, saiba como remover esses vírus do seu perfil e o que indicar para amigos que estejam com este problema, assim, você livra de posts falsos na sua linha do tempo.

IMPORTANTE: Antes de tudo e o básico da segurança é manter seus programas atualizados e realizar verificação no computador.

Veja os passos para eliminar aplicativos inconvenientes no seu perfil do Facebook:

– Em seu perfil no Facebook, acesse no canto superior direito o ícone de ferramentas e selecione “configurações de conta” e depois clique em “aplicativos” ou se preferir clique aqui neste link direto.

– Em aplicativos, você verá sua lista de aplicativos e jogos no Facebook, remova os aplicativos suspeitos, desconhecidos ou que você não utiliza, clicando no “X” (remover) do aplicativo.

(Imagem: Reprodução/CanalTech)

Clique em remover para excluir o aplicativo suspeito (Imagem: Reprodução/CanalTech)

– Depois confirme a remoção do aplicativo, clicando em Remover.

Veja abaixo a lista de alguns possíveis aplicativos que podem ter sido autorizados para propagarem malwares e spywares no facebook. Caso, encontre algum destes na sua lista, remova-os imediatamente:

nuytsoa / kridarb / truterc / jobalsd / varanae / nuytsof / truterg / varanah / kridari / jobalsj /popirta / panarlb / popirtc / guilted / jotalse / panarlf / guilteg / guilteh / umfdpss / doisfelix / tresfdpss / quatrofelass / cincocozinho / seisxota / setefdps /oitoxota / novefdps / dezxota / animal / fausto2

‘Descurta’ falsas páginas no Facebook

A Agência RS relacionou uma lista de páginas, que citamos anteriormente, que depois de curtidas pelo usuário começam a enviar mensagens para seus contatos usando o perfil para disseminar o vírus.

Caso, você tenha curtida alguma página semelhante a estas, você deve “descurtir” rapidamente.

(imagem: reprodução/agenciars)

Página propaga vírus usando o perfil do usuário (imagem: reprodução)

Para “descurtir”, passe o mouse em cima do botão “curtir” e em seguida clique em “Curtir (desfazer)”. Pronto!

Você deve fazer isto com todas as páginas falsas que você curtiu, como “mude a cor do seu perfil”, “descubra quem te vistou”, “descubra quem visualizou suas fotos” e outras páginas deste gênero. Em seu perfil, veja a lista de páginas que você curtiu em “Opções ‘Curtir'” ou pesquise uma destas páginas.

Outra detalhe muito importante é alterar a senha de acesso ao Facebook. Faça isto, através da página inicial ou deste link próprio do Facebook.

Desabilite e exclua complementos suspeitos no navegador

Além de remover aplicativos desconhecidos do seu perfil no Facebook é preciso também que o usuário realize a remoção do malware desabilitando a extensão no seu navegador. Para isso, faça o seguinte:

1º – No seu navegador, vá em “Ferramentas” (Tool) e em seguida “Complementos” ou “Extensões” (Add-ons);

– Depois, exclua todos os complementos suspeitos ou desconhecidos do seu browser. Reinicie o navegador. Pronto!

Há também um aplicativo chamado Norton Safe Web, indicado pelo UOL, que verifica se o seu perfil está infectado. Ele realiza uma varredura nos links principais da sua linha do tempo. Em testes realizados pelo AcreTI.net, alguns links maliciosos foram marcados como seguro, enquanto na verdade eram link maliciosos de promoções. Porém, a ferramenta é interessante.

Dicas e cuidados importantes para se proteger nas redes sociais

Após realizar todas essas ações, atualize seu antivírus e faça uma varredura no seu computador. Mas, lembre-se que o mais importante é ter cuidados nos links que você clica.

Curta a nossa página no Facebook e acompanhe nossas dicas de segurança e muito mais. Siga-nos também no Twiiter e tenha tudo em primeira mão: @AcreTI

DEIXE SEU COMENTÁRIO! Dúvidas, reclamações, elogios, fale aqui ou em nossos perfis. PROTEJA-SE!

Gostou? Compartilhe usando os links abaixo.

Elaborado por Kelvin Silva, com informações do CanalTech, Agência RS e UOL

 

Hackers exploram tragédia da Boate Kiss em Santa Maria

Apesar de toda a tragédia na Boate Kiss, em Santa Maria – RS, que matou mais de 231 pessoas no último domingo (27), cibercriminosos estão explorando o incêndio a boate enviando emails com links que prometem videos e imagens da tragédia, mas que na verdade são trojans que buscam roubar dados do usuário.

Fachada: Antes e Depois (Foto: Estadao)

Fachada da Boate Kiss: Antes e Depois (Foto: Estadao)

Nesta terça-feira, 29, a Kaspersky Lab, alertou sobre os emails dizendo que as mensagens vem com um arquivo em anexo chamado “video.zip”, que na verdade é um malware (vírus) que redireciona os usuários para sites falsos de bancos.

A primeira mensagem foi registrada na manhã de segunda-feira, com o título “Vídeo mostra momento exato da tragédia em Santa Maria no Rio Grande do Sul”, segundo a empresa. Então, caso você tenha recebido ou venha receber algum email com este título, exclua imediatamente.

“Os cibercriminosos exploram a curiosidade dos usuários para disseminar trojans bancários e, assim, infectar e roubar o maior número possível de pessoas. Este tipo de ataque é muito comum em casos de grande repercussão e comoção social”, explica Fábio Assolini, analista de malware da Kaspersky.

Cuidado nas Redes Sociais

Além disso, a empresa Kaspersky Lab alerta os usuários de redes sociais, prevendo que deverá haver potenciais ataques em breve, principalmente no Facebook, também relacionados à tragédia de Santa Maria.

Estes sites são conhecidos pela rápida disseminação de conteúdo e são ideais para disseminação de links maliciosos. O Analista da Kaspersky, Assolini, pede cautela ao usuário, que deve evitar clicar em links que prometem fotos ou vídeos da tragédia, mesmo que tenham sido enviados pelos seus contatos.

Com informações do Olhar Digital e Kaspersky Lab.

Facebook com a cor alterada é Golpe (Imagem: Reprodução/Anonymous Brasil)

“Mude a cor do Facebook” é um golpe que faz criador lucrar com anúncios

Facebook com a cor alterada é Golpe (Imagem: Reprodução/Anonymous Brasil)

Facebook com a cor alterada é Golpe (Imagem: Reprodução/Anonymous Brasil)

Um golpe cada vez mais popular no Facebook é o que promete “mudar a cor do Facebook” dos usuários. Mas, na verdade não é bem assim. Esse tipo de praga, segundo o analista de malware da Kaspersky, Fábio Assolini, cria uma rede de cliques fraudulentos, fazendo com que os criminosos lucrem exibindo anúncios intrusivos no navegador das vítimas e roubando dinheiro de programas de links patrocinados, como o AdSense, do Google.

Esse tipo de golpe se diferencia da maioria dos malwares tradicionalmente desenvolvidos no País. Segundo a Kaspersky, 95% das ameaças são do tipo trojan, que visam o roubo de informações e dados financeiros das vítimas. O golpe “mude a cor do seu Facebook”, por outro lado, usa um adware, um programa malicioso criado para exibir anúncios e que pode redirecionar o internauta para sites promocionais, sequestrando o navegador ou a página inicial.

Os seus dados podem estar sendo roubados

Depois de instalado, o plugin “PimpMyWindow” – disponível em três navegadores – usa o perfil da vítima para disseminar o golpe, publicando automaticamente a mensagem: “Cansado da cor do seu facebook? Faça como eu, mude você também!”. A Kaspersky alerta que esse adware realmente pode mudar as cores de fundo do navegador Chrome, mas compromete toda a privacidade do usuário e põe seus dados em risco.

Para quem está com o plugin malicioso instalado, a Kaspersky recomenda a remoção imediatamente, pois o cibercriminoso por de trás do golpe pode interceptar os dados durante a navegação, direcionar a vitima para páginas maliciosas ou até mesmo roubar credenciais de serviços e contas online.

Como Desinstalar o PimpMyWindow?

Para desinstalar o plugin que muda a cor do seu Facebook, basta procurar pela extensão “PimpMyWindow” ou “MudeACorDoSeuPerfil” no navegador e clicar em “remover”.

Fonte: Anonymous Brasil