Arquivo da tag: Pesquisa

Qual CMS, linguagem, plugins, template foi utilizado no site? Descubra agora

Quer descobrir em qual servidor está hospedado um site? Em qual linguagem ou CMS ele foi desenvolvido? Quais temas, plugins foram usados? Vejamos agora algumas formas.

Existem várias ferramentas que podem nos ajudar através de uma análise do local a ser investigado. Não trata-se de espionagem, mas um processo bastante comum que é o benchmarking.

1. Built With

Built With é uma ferramenta on-line bastante abrangente, revela o máximo de informações a partir de um site: tecnologia de servidor, provedor de hospedagem, CMS utilizado, bibliotecas JavaScript, ferramentas analíticas, codificação, etc. Essa primeira nós testamos e gostamos muito do resultado detalhado.

LINK: http://builtwith.com/

2. W3Techs

Semelhante a BuiltWith porque tem ferramentas comuns para os aspectos anteriores, pode ser usado para comparar os resultados, e obter mais informação do que a ferramenta anterior não oferece.

LINK: http://w3techs.com/sites

3. WhatCms.org

WhatCms.org é uma ferramenta online que revela apenas que o CMS (Content Management System) pode ser através de um website. Só nos dirá se o site usa Joomla!, Drupal, WordPress, etc. Essa é bem especifica para saber se usa um CMS e qual está sendo utilizado.

LINK: http://whatcms.org/

4. CMS Detector

Semelhante a ferramenta WhatCms.org inicialmente só mostra a CMS que utiliza uma web, mas você pode clicar em “Clique aqui para analisar completamente …” e, em seguida, apresentar um relatório com uma visão geral do site, quantas páginas indexadas no ranking ele tem, redes sociais, etc.

LINK: http://onlinewebtool.com/cmsdetector.php

5. Guess

Como a ferramenta CMS Detector não exibe uma série de informações no início, mas indica que porcentagem acredita que o uso de tal tecnologia. Para um relatório mais completo vera tem que clicar em “Obter cabeçalhos adicionais e outras informações dessa url”. Suposição pode também ser útil para utilizar para comparar os resultados com ferramentas anteriores.

LINK: http://guess.scritch.org/

6. WordPress Theme Detector

WordPress Tema Detector é uma ferramenta online que analisa um site no WordPress CMS, fornece detalhes como nome do modelo (tema), o modelo de site oficial, a versão, licença, autores, etc … e os plugins usados.

LINK: http://www.wpthemedetector.com/

Você conhece algum outro que faz essas funções? Compartilhe o link nos comentários e deixe sua opinião.

Com informações do AFW

Acre possui menos tentativas de fraudes nas compras online; Amazonas lidera ranking da Região Norte

Notebook, celular e relógios seguem como produtos com alto potencial de fraudes na hora da compra

Na Região Norte, o Amazonas apresentou mais tentativas de fraudes nas compras via Internet no primeiro semestre. Seguido pelo Amapá (6,8%) e Pará (5,1%). Os que mostraram menos tentativas de fraude foram Rondônia (3,1%), Acre (3,4%) e Roraima (3,9%). Avaliação é da ClearSale, empresa de gestão de risco de fraude no comércio eletrônico.

Foto: Reprodução/Shutterstock

Foto: Reprodução/Shutterstock

Do total de vendas eletrônicas da região Nordeste, 5,6% foram suspensas por suspeitas de irregularidades ou por confirmação de fraude. Em seguida no ranking estão o Norte (5,3%), Centro-Oeste (3,9%), Sudeste (3,1%) e Sul (1,5%).

Os produtos que mais sofreram tentativas de fraudes foram notebook (6%), celular (4,7%), relógios (4%), acessórios como brincos, cintos, pulseiras (2,6%). Ainda constam nos itens de produtos: artigos de beleza como cremes, perfumes, maquiagem, secador, entre outros (2,4%). Informática (2,1%), cine e foto (2%), automotivos (2%), games (1,9%) e roupas (1,8%).

Vendas eletrônicas em outras regiões

Na região Nordeste, a Bahia foi o Estado com mais tentativas de fraude (7,8%), seguido por Ceará (7,1%), Maranhão (5,5%) e Paraíba (4,3%). Ainda nesta região, Piauí (2,8%) foi o que registrou o menor percentual de irregularidades no comércio eletrônico. Na região Centro-Oeste, está Goiás (4,8%), seguido pelo Distrito Federal (4,2%). O que mostrou menos tentativas de fraude é o Estado do Mato Grosso do Sul (1,8%).

Na região Sudeste, o Estado que apresentou mais irregularidades no comércio eletrônico no primeiro semestre foi São Paulo (3,5%), seguido pelo Rio de Janeiro (3,3%). Os que mostraram menos tentativas de fraude foram Espírito Santo (1,9%) e Minas Gerais (2%). Na região Sul, o Rio Grande do Sul foi o Estado com menos tentativas de fraude (1,5%), seguido por Paraná (também com 1,5%) e Santa Catarina (1,7%).

Com informações do Portal Amazônia.com

Professores recebem mais de mil tablets educacionais em Roraima

Para facilitar o processo educacional tecnológico dos alunos de Roraima, 1.095  mil professores receberam na última quinta-feira (8) tablets. Os contemplados atuam no Ensino Médio Regular e na Educação de Jovens e Adultos (EJA), no terceiro segmento.

Foto: Divulgação/SEED-RR

Foto: Divulgação/SEED-RR

Os dispositivos foram adquiridos por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR) do Governo Federal e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FNDE). No total, 1.103 mil tablets serão distribuídos aos docentes.

“Com os tablets em mãos, o professor terá internet e a vários conteúdos educativos e poderá a partir daí, inovar no planejamento de suas aulas”, destacou a secretária de Estado da Educação e Desportos, Lenir Rodrigues.

O objetivo é auxiliar os professores ao acesso a livros digitais, Portal do Professor, TV Escola e cursos do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (Proinfo).

O governador de Roraima, José de Anchieta, afirmou que a tecnologia aplicada à sala de aula é uma ferramenta necessária para o desenvolvimento do aluno. “Hoje o perfil do aluno mudou. É necessário que o professor tenha acesso a novas ferramentas de tecnologia que possam atrair a atenção do alunado”, destacou.

Capacitação

Após a entrega dos equipamentos, os docentes receberão uma capacitação para a utilização dos tablets. Serão repassadas orientações sobre o manuseio da ferramenta e acesso aos conteúdos pedagógicos.

A capacitação será ministrada no Núcleo de Tecnologia (NTE) pelo Proinfo e está prevista para a segunda quinzena de agosto. O Proinfo capacitará os orientadores de tecnologias lotados nos laboratórios de informática das instituições de ensino.

Fonte: Portal da Amazônia

Lançamento do programa redes digitais terá palestra de Lygia Pupatto

FAPAC realiza palestra com Lygia Pupatto e lança edital para projetos digitais.

(Imagem: Divulgação)

(Imagem: Divulgação)

Na próxima terça-feira, 07, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Acre (FAPAC) realiza a palestra Políticas de Inclusão Digital, com Lygia Pupatto. O evento acontece a partir das 8h30 no auditório da Biblioteca da Floresta (localizada no Parque da Maternidade) e também contará com o lançamento do Programa Redes Digitais da Cidadania.

Para o edital do Programa Redes Digitais da Cidadania, poderão apresentar projetos de ensino, pesquisa e extensão em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) as Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES) e demais Instituições Científicas e Tecnológicas (ICT) sediadas no Estado do Acre. O Programa Redes Digitais da Cidadania tem por objetivo promover a inclusão digital através de projetos que possibilitem qualificar o uso da internet e ampliar as capacidades no uso das TIC.

(Foto: Cedida)

(Foto: Cedida)

Quem é Lygia Pupatto?

Lygia Pupatto é secretária de Inclusão Digital do Ministério das Comunicações desde maio de 2011. Ela foi reitora da Universidade Estadual de Londrina, de 2002 a 2006. Em 2004, recebeu o título “Award of Highest Honor”, da Universidade Soka Gakkai, no Japão, pelos trabalhos desenvolvidos pela educação brasileira. De 2006 a 2010, foi secretária de Ciência e Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, quando exerceu também a Presidência do Conselho Superior da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Paraná (Fundação Araucária) e do Conselho de Administração do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Procuradoria Geral do Acre inicia implantação do Google Search Appliance

Procuradoria-Geral do Estado do Acre investe mais de R$ 20 mil em equipamentos de tecnologia para melhoria dos trabalhos diários do orgão.

PGE_GoogleSearchAppliance

PGE inicia implantação de equipamento de pesquisa. (Fonte: Google)

Com a finalidade de garantir uma maior estabilidade na comunicação da rede/internet, está sendo realizado a aquisição de equipamentos de rede que garantirão a entrada da PGE Acre no enlace de fibra ótica da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) e, diminuirá a instabilidade da rede que causa prejuízos para os serviços diários, principalmente no que se refere ao peticionamento eletrônico.

Além da rede, equipamentos de hardware como scanners, nobreaks, monitores e outros iram proporcionar melhorias nos trabalhos.

Google-GSA

GSA está sendo instalado na PGE Acre (Imagem: Google)

No inicio desta semana (25) a PGE também iniciou o processo de instalação do Google Search Appliance (GSA), juntamente com os técnicos da Just Digital, forte parceira da Google Enterprise e a primeira empresa no Brasil a fazer integrações do Google Search Appliance.

O GSA é uma solução local fácil de implantar que oferece à organização uma pesquisa com alto nível de relevância, que pode ser personalizada para atender às necessidades específicas da instituição e que usa escalabilidade facilmente à medida que o seu conteúdo cresce, oferecendo uma busca rápida e relevante para intranet’s ou website’s.

Sendo uma solução integrada de hardware e software de busca desenvolvida pela Google, o GSA, será para uso na intranet da PGE. Assim, as pesquisas de conteúdo serão dinamizadas, proporcionando maior agilidade no trabalho dos Procuradores de Estado.

Com informações da PGE/Acre