Arquivo da tag: Facebook

Saiba como remover vírus do Facebook e se proteger

Aprenda como remover os vírus do Facebook. A maior rede social do mundo tem se tornado o lugar mais propício para propagar vírus e várias pragas digitais.

(Imagem: Reprodução/AcreTI)

(Imagem: Reprodução/AcreTI)

Os malwares, como são chamados, disfarçados de aplicativos infestam a rede enganando os usuários com mensagens de “mude a cor do seu perfil no facebook“, “veja quem visitou seu perfil“, botão “deslike ou descurtir” e, recentemente, pessoas que são marcadas em publicações e sem saber clicam em links maliciosos que redirecionam o usuário páginas falsas e aplicativos são instalados no computador do usuário.

Os perfis infectados com os vírus ainda espalha outras publicações maliciosas através do perfil, sem que o usuário saiba ou autorize a publicação. Muitos dos links usados estão relacionados com anúncios de promoções falsas, vídeos, álbuns de fotos, prêmios e outros.

Este último, você já deve ter visto muito em sua timeline. O Facebook tem trabalhado para resolver esse problema. Mas, saiba como remover esses vírus do seu perfil e o que indicar para amigos que estejam com este problema, assim, você livra de posts falsos na sua linha do tempo.

IMPORTANTE: Antes de tudo e o básico da segurança é manter seus programas atualizados e realizar verificação no computador.

Veja os passos para eliminar aplicativos inconvenientes no seu perfil do Facebook:

– Em seu perfil no Facebook, acesse no canto superior direito o ícone de ferramentas e selecione “configurações de conta” e depois clique em “aplicativos” ou se preferir clique aqui neste link direto.

– Em aplicativos, você verá sua lista de aplicativos e jogos no Facebook, remova os aplicativos suspeitos, desconhecidos ou que você não utiliza, clicando no “X” (remover) do aplicativo.

(Imagem: Reprodução/CanalTech)

Clique em remover para excluir o aplicativo suspeito (Imagem: Reprodução/CanalTech)

– Depois confirme a remoção do aplicativo, clicando em Remover.

Veja abaixo a lista de alguns possíveis aplicativos que podem ter sido autorizados para propagarem malwares e spywares no facebook. Caso, encontre algum destes na sua lista, remova-os imediatamente:

nuytsoa / kridarb / truterc / jobalsd / varanae / nuytsof / truterg / varanah / kridari / jobalsj /popirta / panarlb / popirtc / guilted / jotalse / panarlf / guilteg / guilteh / umfdpss / doisfelix / tresfdpss / quatrofelass / cincocozinho / seisxota / setefdps /oitoxota / novefdps / dezxota / animal / fausto2

‘Descurta’ falsas páginas no Facebook

A Agência RS relacionou uma lista de páginas, que citamos anteriormente, que depois de curtidas pelo usuário começam a enviar mensagens para seus contatos usando o perfil para disseminar o vírus.

Caso, você tenha curtida alguma página semelhante a estas, você deve “descurtir” rapidamente.

(imagem: reprodução/agenciars)

Página propaga vírus usando o perfil do usuário (imagem: reprodução)

Para “descurtir”, passe o mouse em cima do botão “curtir” e em seguida clique em “Curtir (desfazer)”. Pronto!

Você deve fazer isto com todas as páginas falsas que você curtiu, como “mude a cor do seu perfil”, “descubra quem te vistou”, “descubra quem visualizou suas fotos” e outras páginas deste gênero. Em seu perfil, veja a lista de páginas que você curtiu em “Opções ‘Curtir'” ou pesquise uma destas páginas.

Outra detalhe muito importante é alterar a senha de acesso ao Facebook. Faça isto, através da página inicial ou deste link próprio do Facebook.

Desabilite e exclua complementos suspeitos no navegador

Além de remover aplicativos desconhecidos do seu perfil no Facebook é preciso também que o usuário realize a remoção do malware desabilitando a extensão no seu navegador. Para isso, faça o seguinte:

1º – No seu navegador, vá em “Ferramentas” (Tool) e em seguida “Complementos” ou “Extensões” (Add-ons);

– Depois, exclua todos os complementos suspeitos ou desconhecidos do seu browser. Reinicie o navegador. Pronto!

Há também um aplicativo chamado Norton Safe Web, indicado pelo UOL, que verifica se o seu perfil está infectado. Ele realiza uma varredura nos links principais da sua linha do tempo. Em testes realizados pelo AcreTI.net, alguns links maliciosos foram marcados como seguro, enquanto na verdade eram link maliciosos de promoções. Porém, a ferramenta é interessante.

Dicas e cuidados importantes para se proteger nas redes sociais

Após realizar todas essas ações, atualize seu antivírus e faça uma varredura no seu computador. Mas, lembre-se que o mais importante é ter cuidados nos links que você clica.

Curta a nossa página no Facebook e acompanhe nossas dicas de segurança e muito mais. Siga-nos também no Twiiter e tenha tudo em primeira mão: @AcreTI

DEIXE SEU COMENTÁRIO! Dúvidas, reclamações, elogios, fale aqui ou em nossos perfis. PROTEJA-SE!

Gostou? Compartilhe usando os links abaixo.

Elaborado por Kelvin Silva, com informações do CanalTech, Agência RS e UOL

 

FeijoNet: a rede social com a cara do Facebook

Conheça a rede social FeijoNET que possui um visual que lembra a maior rede social do mundo.

FeijoNet_Capa

A Rádio FM Feijó, uma rádio online do município de Feijó (AC), criou uma rede social para seus visitantes com uma aparência muito próxima ao do Facebook, denominada FeijoNet, onde os usuário cadastrados podem compartilhar conteúdo, fazer amizades, publicar fotos e interagir como em qualquer outra rede social.

A rede social FeijoNET foi desenvolvida com uma aparência igual a do Facebook para que os visitantes se sintam adaptados, mas possui funções diferentes segundo o desenvolvedor André Silva. “Você pode fazer upload de arquivos como PDF, TXT, JPG, RAR. PNG, MP3, 3GP…etc pode, por exemplo, armazenar sua música preferida, ouvir quando quiser, baixar ou compartilhar”, afirma.

A funcionalidade de ouvir música é parecida com o recurso anunciado pela rede social de Mark Zuckerberg onde os usuário podem ouvir suas música usando aplicativos de terceiros, diferente do FeijoNet que os usuários postam seus arquivos de áudio na própria rede.

FeijoNEt arquivo de música mp3

No FeijoNet é possível compartilhar arquivos de áudio na própria rede social (Imagem: Reprodução/AcreTI.net)

A diferença da rede de compartilhamento com outras existentes é a possibilidade de criar um Blog dentro da própria rede social. Além de interagir na rede social o usuário pode fazer postagens no seu Blog dentro do FeijoNet.

O Blog pode ser acessado por qualquer pessoa mesmo que não seja cadastrado na rede social.

Blog na rede social feijonet

Tenha um blog na rede social (Imagem: Reprodução/AcreTI.net)

Buscando mais visitantes para a rádio, todas as funcionalidade tem por finalidade deixar as pessoas interagir enquanto escutam a programação da rádio.

O objetivo é ter “um ambiente onde as pessoas estivessem interditas fazendo alguma coisa e ao mesmo tempo conectadas na programação da Rádio” conclui Silva.

Acesse o FeijoNET: www.radiofmfeijo.com/feijonet/

Hackers exploram tragédia da Boate Kiss em Santa Maria

Apesar de toda a tragédia na Boate Kiss, em Santa Maria – RS, que matou mais de 231 pessoas no último domingo (27), cibercriminosos estão explorando o incêndio a boate enviando emails com links que prometem videos e imagens da tragédia, mas que na verdade são trojans que buscam roubar dados do usuário.

Fachada: Antes e Depois (Foto: Estadao)

Fachada da Boate Kiss: Antes e Depois (Foto: Estadao)

Nesta terça-feira, 29, a Kaspersky Lab, alertou sobre os emails dizendo que as mensagens vem com um arquivo em anexo chamado “video.zip”, que na verdade é um malware (vírus) que redireciona os usuários para sites falsos de bancos.

A primeira mensagem foi registrada na manhã de segunda-feira, com o título “Vídeo mostra momento exato da tragédia em Santa Maria no Rio Grande do Sul”, segundo a empresa. Então, caso você tenha recebido ou venha receber algum email com este título, exclua imediatamente.

“Os cibercriminosos exploram a curiosidade dos usuários para disseminar trojans bancários e, assim, infectar e roubar o maior número possível de pessoas. Este tipo de ataque é muito comum em casos de grande repercussão e comoção social”, explica Fábio Assolini, analista de malware da Kaspersky.

Cuidado nas Redes Sociais

Além disso, a empresa Kaspersky Lab alerta os usuários de redes sociais, prevendo que deverá haver potenciais ataques em breve, principalmente no Facebook, também relacionados à tragédia de Santa Maria.

Estes sites são conhecidos pela rápida disseminação de conteúdo e são ideais para disseminação de links maliciosos. O Analista da Kaspersky, Assolini, pede cautela ao usuário, que deve evitar clicar em links que prometem fotos ou vídeos da tragédia, mesmo que tenham sido enviados pelos seus contatos.

Com informações do Olhar Digital e Kaspersky Lab.

Facebook com a cor alterada é Golpe (Imagem: Reprodução/Anonymous Brasil)

“Mude a cor do Facebook” é um golpe que faz criador lucrar com anúncios

Facebook com a cor alterada é Golpe (Imagem: Reprodução/Anonymous Brasil)

Facebook com a cor alterada é Golpe (Imagem: Reprodução/Anonymous Brasil)

Um golpe cada vez mais popular no Facebook é o que promete “mudar a cor do Facebook” dos usuários. Mas, na verdade não é bem assim. Esse tipo de praga, segundo o analista de malware da Kaspersky, Fábio Assolini, cria uma rede de cliques fraudulentos, fazendo com que os criminosos lucrem exibindo anúncios intrusivos no navegador das vítimas e roubando dinheiro de programas de links patrocinados, como o AdSense, do Google.

Esse tipo de golpe se diferencia da maioria dos malwares tradicionalmente desenvolvidos no País. Segundo a Kaspersky, 95% das ameaças são do tipo trojan, que visam o roubo de informações e dados financeiros das vítimas. O golpe “mude a cor do seu Facebook”, por outro lado, usa um adware, um programa malicioso criado para exibir anúncios e que pode redirecionar o internauta para sites promocionais, sequestrando o navegador ou a página inicial.

Os seus dados podem estar sendo roubados

Depois de instalado, o plugin “PimpMyWindow” – disponível em três navegadores – usa o perfil da vítima para disseminar o golpe, publicando automaticamente a mensagem: “Cansado da cor do seu facebook? Faça como eu, mude você também!”. A Kaspersky alerta que esse adware realmente pode mudar as cores de fundo do navegador Chrome, mas compromete toda a privacidade do usuário e põe seus dados em risco.

Para quem está com o plugin malicioso instalado, a Kaspersky recomenda a remoção imediatamente, pois o cibercriminoso por de trás do golpe pode interceptar os dados durante a navegação, direcionar a vitima para páginas maliciosas ou até mesmo roubar credenciais de serviços e contas online.

Como Desinstalar o PimpMyWindow?

Para desinstalar o plugin que muda a cor do seu Facebook, basta procurar pela extensão “PimpMyWindow” ou “MudeACorDoSeuPerfil” no navegador e clicar em “remover”.

Fonte: Anonymous Brasil

Telexfree: até quando confiar?

Você já deve ter ouvido falar que pessoas estão ganhando dinheiro com a Telexfree. Se ainda não ouviu, saiba o que é a Telexfree.

telexfree

O que é Telexfree?

A Telexfree é uma empresa que comercializa VoIP, ou seja, um produto baseado em transmissão de voz via protocolo IP (Internet Protocol), parecido com o Skype, conhecido como 99Telexfree. Em outras palavras, é um sistema de telecomunicação para você fazer ligações via internet. Ótimo, afinal, a tendência é que essa tecnologia seja muito utilizada com a expansão da internet banda larga.

Como ganhar dinheiro com a Telexfree?

Simplesmente, a empresa criou um sistema de marketing multinível que é o grande atrativo, muito mais que o seu principal produto. Simplificando, ela paga uma quantia considerável em dinheiro para quem divulga a empresa em anúncios na internet. Simples assim, anuncie e ganhe dinheiro por isso, inclusive, sem necessidade de indicar ninguém, porém, se indicar seu volume a receber será bem maior.

É problema ou posso acreditar nesse negócio?

No entanto, indico a leitura do artigo Telexfree não é fraude ou golpe, mas não é sustentável, que explica detalhadamente, o perigo de investir na Telexfree. Resumidamente, é que não se sabe até quando a empresa vai conseguir pagar seus compromissos (os divulgadores) tendo em vista que, teoricamente, a receita é maior que as despesas, ou seja, ela paga um valor alto ao divulgador para anunciar um serviço que custa apenas 49,90 dólares (99 reais) por mês.

Mas, existe muitos depoimentos e pessoas que postam seus extratos, que estão ganhando muito dinheiro. E realmente estão, quem aproveitar essa “moda” vai se dar bem. Porém, estes ganhos será às custas das desgraças de tantos outros divulgadores. Vai chegar um momento que o negócio vai parar. Portanto, não tem como garantir a continuidade da empresa.

A Telexfree e os problemas no Acre

procon-telexfree

No inicio deste mês, janeiro/2013, o PROCON denunciou a Telexfree para o Ministério Público Estadual (MPE/AC), Ministério da Fazenda e Polícia Federal após detectar indicio de crimes no funcionamento da empresa.

O inquérito civil instaurado pela promotoria de Defesa do Consumidor (nº 01/2013) mostra diversos pontos controversos e os possíveis crimes que colocam o consumidor em risco na hora de aceitar este tipo de negócio.

(1º) A uma infração na Lei Federal nº 1.521/51 art. 2º, onde diz que é crime: “Obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos (‘bola de neve’, ‘cadeias’, ‘pichardismo’ e quaisquer outros equivalentes)”, incluindo a Pirâmide de Ponzi.

(2º) Há também a possível violação no Código de Defesa do Consumidor (CDC), com: propaganda enganosa, omissão de informações de produtos e empresa, abuso da fraqueza ou ignorância do consumidor, condições de desvantagem exagerada, dentre outros.

A preocupação do Procon é esclarecer para a população o grande risco existente (quando um cidadão aceita participar desta rede) e evitar que consumidores acreanos sejam lesados e fazer com que a empresa se explique diante dos órgãos competentes.

Após ação do MPE, a Telexfree emitiu na segunda-feira, 14, uma nota em sua página oficial no facebook. Veja na íntegra:

“A TELEXFREE! no Brasil representada por YMPACTUS, traz à atenção de seus divulgadores que no último dia 11 foi publicada Portaria que institui uma apuração, pelo Ministério Público do Acre, acerca da licitude de suas operações, o que vem atender antigo anseio da própria TELEXFREE.

Estamos empenhados em colaborar ao máximo com os pertinentes levantamentos o que propiciará comprovar, definitiva e oficialmente, ao Estado por suas instituições e a toda a sociedade, que nossas operações financeiras e comerciais estão plenamente enquadradas aos preceitos normativos jurídicos. Neste diapasão, prosseguiremos atuando sempre de forma transparente, atendendo a todos os preceitos normativos legais.

Atenciosamente, TELEXFREE”

Desde quinta-feira, 16, o Advogado da Telexfree no Brasil esta no Acre, Estado que já possui cerca de 9 mil divulgadores, segundo informações não-oficiais, e participou do Programa Gazeta Entrevista, na filiada Rede Record no Acre, onde esclareceu algumas dúvidas sobre a empresa. Assista a entrevista em duas partes:

Links: Parte 1Parte 2

[Atualização em 17/01/2013]

Telexfree está entre os 100 sites mais acessados do Brasil

Telexfree entre os 100 sites mais acessados no Brasil (Imagem: Reprodução/Telexfree)

Telexfree entre os 100 sites mais acessados no Brasil (Imagem: Reprodução/Telexfree)

A Telexfree divulgou em sua página no Facebook que segundo o site alexa.com, que verifica o posicionamento do site na web conforme sua popularidade, que o site da empresa está entre os 100 sites mais populares do  Brasil. Veja a classificação do site aqui.

A empresa pretende em um futuro bem próximo abrir espaços publicitários no website para adquirir mais receitas que possam dar sustentabilidade para o pagamento de seus divulgadores. Segundo o Advogado da empresa, em entrevista a um programa no Acre, um espaço publicitário em um site deste porte pode chegar a 500 mil diário.

[Atualização 30/01/2013]

Ressaltamos aqui, que o objetivo desta matéria não é fazer você desistir da telexfree ou convidar você para se cadastrar, apenas que você conheça mais sobre o negócio com a indicação de alguns artigos e informações. Leia, conheça e, se for seu interesse, cadastre-se. Ah, comente também.

Qual é sua opinião sobre a Telexfree? Você é um divulgador? Você acha que vale a pena investir?

Comente e curta nossa página no facebook para saber mais sobre.