Telexfree: até quando confiar?

Você já deve ter ouvido falar que pessoas estão ganhando dinheiro com a Telexfree. Se ainda não ouviu, saiba o que é a Telexfree.

telexfree

O que é Telexfree?

A Telexfree é uma empresa que comercializa VoIP, ou seja, um produto baseado em transmissão de voz via protocolo IP (Internet Protocol), parecido com o Skype, conhecido como 99Telexfree. Em outras palavras, é um sistema de telecomunicação para você fazer ligações via internet. Ótimo, afinal, a tendência é que essa tecnologia seja muito utilizada com a expansão da internet banda larga.

Como ganhar dinheiro com a Telexfree?

Simplesmente, a empresa criou um sistema de marketing multinível que é o grande atrativo, muito mais que o seu principal produto. Simplificando, ela paga uma quantia considerável em dinheiro para quem divulga a empresa em anúncios na internet. Simples assim, anuncie e ganhe dinheiro por isso, inclusive, sem necessidade de indicar ninguém, porém, se indicar seu volume a receber será bem maior.

É problema ou posso acreditar nesse negócio?

No entanto, indico a leitura do artigo Telexfree não é fraude ou golpe, mas não é sustentável, que explica detalhadamente, o perigo de investir na Telexfree. Resumidamente, é que não se sabe até quando a empresa vai conseguir pagar seus compromissos (os divulgadores) tendo em vista que, teoricamente, a receita é maior que as despesas, ou seja, ela paga um valor alto ao divulgador para anunciar um serviço que custa apenas 49,90 dólares (99 reais) por mês.

Mas, existe muitos depoimentos e pessoas que postam seus extratos, que estão ganhando muito dinheiro. E realmente estão, quem aproveitar essa “moda” vai se dar bem. Porém, estes ganhos será às custas das desgraças de tantos outros divulgadores. Vai chegar um momento que o negócio vai parar. Portanto, não tem como garantir a continuidade da empresa.

A Telexfree e os problemas no Acre

procon-telexfree

No inicio deste mês, janeiro/2013, o PROCON denunciou a Telexfree para o Ministério Público Estadual (MPE/AC), Ministério da Fazenda e Polícia Federal após detectar indicio de crimes no funcionamento da empresa.

O inquérito civil instaurado pela promotoria de Defesa do Consumidor (nº 01/2013) mostra diversos pontos controversos e os possíveis crimes que colocam o consumidor em risco na hora de aceitar este tipo de negócio.

(1º) A uma infração na Lei Federal nº 1.521/51 art. 2º, onde diz que é crime: “Obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos (‘bola de neve’, ‘cadeias’, ‘pichardismo’ e quaisquer outros equivalentes)”, incluindo a Pirâmide de Ponzi.

(2º) Há também a possível violação no Código de Defesa do Consumidor (CDC), com: propaganda enganosa, omissão de informações de produtos e empresa, abuso da fraqueza ou ignorância do consumidor, condições de desvantagem exagerada, dentre outros.

A preocupação do Procon é esclarecer para a população o grande risco existente (quando um cidadão aceita participar desta rede) e evitar que consumidores acreanos sejam lesados e fazer com que a empresa se explique diante dos órgãos competentes.

Após ação do MPE, a Telexfree emitiu na segunda-feira, 14, uma nota em sua página oficial no facebook. Veja na íntegra:

“A TELEXFREE! no Brasil representada por YMPACTUS, traz à atenção de seus divulgadores que no último dia 11 foi publicada Portaria que institui uma apuração, pelo Ministério Público do Acre, acerca da licitude de suas operações, o que vem atender antigo anseio da própria TELEXFREE.

Estamos empenhados em colaborar ao máximo com os pertinentes levantamentos o que propiciará comprovar, definitiva e oficialmente, ao Estado por suas instituições e a toda a sociedade, que nossas operações financeiras e comerciais estão plenamente enquadradas aos preceitos normativos jurídicos. Neste diapasão, prosseguiremos atuando sempre de forma transparente, atendendo a todos os preceitos normativos legais.

Atenciosamente, TELEXFREE”

Desde quinta-feira, 16, o Advogado da Telexfree no Brasil esta no Acre, Estado que já possui cerca de 9 mil divulgadores, segundo informações não-oficiais, e participou do Programa Gazeta Entrevista, na filiada Rede Record no Acre, onde esclareceu algumas dúvidas sobre a empresa. Assista a entrevista em duas partes:

Links: Parte 1Parte 2

[Atualização em 17/01/2013]

Telexfree está entre os 100 sites mais acessados do Brasil

Telexfree entre os 100 sites mais acessados no Brasil (Imagem: Reprodução/Telexfree)

Telexfree entre os 100 sites mais acessados no Brasil (Imagem: Reprodução/Telexfree)

A Telexfree divulgou em sua página no Facebook que segundo o site alexa.com, que verifica o posicionamento do site na web conforme sua popularidade, que o site da empresa está entre os 100 sites mais populares do  Brasil. Veja a classificação do site aqui.

A empresa pretende em um futuro bem próximo abrir espaços publicitários no website para adquirir mais receitas que possam dar sustentabilidade para o pagamento de seus divulgadores. Segundo o Advogado da empresa, em entrevista a um programa no Acre, um espaço publicitário em um site deste porte pode chegar a 500 mil diário.

[Atualização 30/01/2013]

Ressaltamos aqui, que o objetivo desta matéria não é fazer você desistir da telexfree ou convidar você para se cadastrar, apenas que você conheça mais sobre o negócio com a indicação de alguns artigos e informações. Leia, conheça e, se for seu interesse, cadastre-se. Ah, comente também.

Qual é sua opinião sobre a Telexfree? Você é um divulgador? Você acha que vale a pena investir?

Comente e curta nossa página no facebook para saber mais sobre.

3 ideias sobre “Telexfree: até quando confiar?

  1. Pingback: Na verdade, sede da Telexfree nos EUA é um escritório virtual | Acre Tecnologia da Informação

  2. Pingback: Sede da Telexfree nos EUA é um escritório virtual | Acre Tecnologia da Informação

  3. Pingback: Formas (indevidas) de cadastrar usuários na Telexfree | Acre Tecnologia da Informação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *