Arquivos da categoria: Gestão Empresarial

Download: Guia de Serviços da Prefeitura de Rio Branco/AC

A prefeitura de Rio Branco, Acre, lançou no inicio deste mês de novembro, o Guia de Serviços da prefeitura municipal de Rio Branco, que tem como objetivo principal aproximar a prefeitura da comunidade. O guia oferece os contatos das secretarias, nome e telefone dos responsáveis pelos serviços oferecidos nos órgãos do município.

guia-rio-branco-acre-de-servicos

O guia de serviços está disponível para download em formato PDF no site da prefeitura e também em forma de aplicativo (App) que pode ser instalado nos sistemas operacionais iOS e Android para smartphones e tablets, além de versão impressa. São 27 órgãos da prefeitura e 308 serviços que poderão ser consultados pelo guia.

Por este Guia de Serviços qualquer cidadão tem acesso rápido e fácil aos gestores responsáveis pela área de interesse, podendo apresentar sugestões, fazer críticas e estabelecer novos canais de comunicação entre a comunidade e o poder público municipal.

Além de facilitar o acesso aos vários serviços da prefeitura, o guia também poderá colaborar para que a própria comunidade possa fiscalizar as ações da prefeitura. O guia foi construído pelo Departamento de Tecnologia e Informação (DTI) da prefeitura, em parceria com a Assessoria de Comunicação.

Outra finalidade do guia é mostrar quais os serviços que a prefeitura dispõe para o cidadão, já que muitas pessoas desconhecem o que é oferecido pela gestão municipal. “Esse guia tem a finalidade também de mostrar para as pessoas o que e onde pode ser resolvido um problema”, disse o prefeito Marcus Alexandre.

Download do Guia – acesse agora!

Android: Clique aqui para instalar

iOS: Não encontramos o link para download

Versão digital (PDF): Clique aqui para baixar

Pacote de Serviços Online

Além do guia, a prefeitura disponibilizou também no site um pacote de serviços online onde o contribuinte poderá fazer a emissão de alvarás, de habite-se e até de certidão negativa de débito (CND), que a partir de agora passará a ser feita de forma gratuita no site da Prefeitura.

A emissão de certidão negativa de débito poderá ser feita para contribuintes econômicos (autônomos ou empresas), imóveis e para quaisquer outros contribuintes cadastrados no Município, proporcionando assim mais comodidade, já que não será mais preciso se deslocar até os Centros de Atendimentos aos Cidadãos (CACs) e nem a OCA.

Serviços disponíveis no site da Prefeitura de Rio Branco

Vale lembrar que somente CND com status “negativa” será emitida pelo site, as CND’s com status de “positiva com efeito negativo” e “positiva” continuam sendo emitidas somente nos CAC’s. Esse serviço terá impacto entre Permissionários e Condutores Auxiliares do transporte (taxistas, mototaxistas e freteiros), pois, para o licenciamento anual todos necessitam apresentar CND junto a RBTRANS, somente nessa categoria serão mais de 2 mil beneficiados.

Outro serviço que está sendo oferecido pelo pacote é o lançamento e emissão de ISSQN, que é o principal serviço voltado para as empresas. Através dele é possível fazer a declaração mensal, tanto para as empresas como movimento para aquelas que não tiverem movimento durante o mês.

Será possível ainda fazer pela internet a consulta de processo e acesso ao protocolo, que permite ao cidadão acompanhar os seus protocolos e processos através do site da prefeitura. No momento em que um cidadão protocolar um documento em qualquer setor, receberá um código para consulta online.

A emissão de alvará é outro serviço importante que a partir de agora poderá ser feito pela internet, permitindo fazer a emissão e remissão de alvarás, de funcionamento e sanitário, além da emissão de taxa de licenciamento anual.

Ao todo serão oito serviços online dentro do pacote de serviços que inclui, ainda, a autenticidade do termo de habite-se, que tem como finalidade validar os dados constantes e que traz maior comodidade para o contribuinte e facilita a identificação de regularidade.

Para acessar os Serviços Online da Prefeitura, clique aqui.

Com informações da Assessoria da PMRB

UFAC irá entregar 700 notebooks para os professores

(Foto: Cleuton Almeida/NTI)

(Foto: Cleuton Almeida/NTI)

O Núcleo de Tecnologia de Informação (NTI) da Universidade Federal do Acre (Ufac) recebeu 700 notebooks que serão entregues aos docentes da instituição. A distribuição  faz parte de um conjunto de ações previsto no Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) da universidade.

Mais tecnologias estão sendo adquiridas

Além dos notebooks já recebidos, estão sendo adquiridas telas de projeção para as salas de aula, projetores multimídia e lousas de vidro temperado. Todos estão em processo de aquisição, da mesma forma que a rede de internet sem fio. “Até final do ano, em dezembro, devemos ter os outros materiais aqui”, afirmou o diretor do NTI, Cleuton Almeida. “Tudo foi pensado para dar condições mínimas aos docentes e discentes da instituição”.

Porém, os notebooks ainda passarão 02 semanas no NTI para instalação e configuração de programas, e depois de patrimoniados, serão entregues pelo reitor Minoru Kinpara aos professores da Ufac.

Alguns alunos do curso de tecnologia da universidade aproveitaram para questionar a ação, visto que os laboratórios do curso de sistemas de informação, por exemplo, estão com computadores defeituosos, cadeira quebradas e rede sem conexão. “Enquanto isso, às vezes é um suplício encontrar um computador com internet nos laboratórios do curso de tecnologia da universidade”, reclamou Gustavo Cardial nas redes sociais.

Com informações da ASCOM UFAC

Passei Direto: o novo sucesso entre Estudantes

Mais de 150 alunos da Universidade Federal do Acre (UFAC) já estão na rede social. Na Região Norte, UFAM lidera com mais de 500 acadêmicos na rede.

Uma rede social com foco acadêmico que tem a missão de criar uma nova forma de estudar: através da colaboração.  É assim que se define o Passei Direto, site que auxilia estudantes a melhorarem o rendimento na universidade.

O Passei Direto (PD) permite que os alunos compartilhem arquivos por disciplina, cronograma semestral, agenda de eventos, além de acompanharem quais colegas estão cursando quais matérias e poderem tirar dúvidas com alunos de seu curso de todas as universidades do Brasil em tempo real.

A ferramenta foi criada por alunos da PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro) e facilita o fluxo de informações entre alunos – algo que seria impossível no mundo offline – que compartilham estudos, exercícios, trabalhos e até anotações de aula.

A rede, que entrou no ar em agosto de 2012, teve tanto sucesso que, pouco mais de um mês depois, com 200 mil usuários de 40 universidades, precisou ser fechada para ser reestruturada de modo a garantir o acesso e a boa navegação à multidão que bate à sua porta. Agora, o Passei Direto acaba de abrir seu sistema para todas as universidades e alunos do Brasil. A fila de espera para utilizar o sistema era de mais de 80.000 alunos!

Aberto para todas as Universidades (Foto: Reprodução)

Aberto para todas as Universidades (Foto: Reprodução)

A equipe do Passei Direto lança novas ferramentas de acordo com a demanda dos alunos e tem o objetivo de trazer soluções para todas as etapas da vida acadêmica do aluno. O sistema – inédito no Brasil e no mundo – não possui vínculo com as instituições de ensino e é 100% gratuito.

Game PD: De Calouro a Oráculo

O PD se torna também um game em que os usuários ganham pontos por cada download do arquivo postado e por cada curtida. De acordo com a pontuação, o usuário pode sair da posição de calouro e chegar a ser oráculo.

“A gente faz o pessoal colaborar com a ‘gameficação’. O usuário posta um conteúdo, as pessoas dão um ‘like’, baixam o arquivo, e isso gera a pontuação, que vai de calouro a oráculo. Vira uma competição de colaboração”, diz André, ressaltando o caráter colaborativo do Passei Direto, que não produz conteúdo, mas organiza os arquivos postados.

passei-direto-gamificacao

Evolução e Investimentos

Os cariocas Rodrigo, de 24 anos, e André, de 26, hoje se dedicam ao projeto mais de dez horas por dia. A equipe original de 5 pessoas cresceu para 20, e, de um servidor, a rede hoje conta com oito. Tudo isso num amplo espaço numa cobertura em Copacabana, na Zona Sul do Rio, onde fica a sede do Grupo Xangô, holding brasileira que cria e acelera startups de tecnologia, e que foi a primeira a apostar no projeto dos jovens.

A equipe do Passei Direto, com André Simões, Rodrigo Salvador (no meio) e o programador Bruno (Foto: Lilian Quaino/G1)

A equipe do Passei Direto, com André Simões, Rodrigo Salvador (no meio) e o programador Bruno (Foto: Lilian Quaino/G1)

Neste quase um ano em que o site ficou fechado para novos usuários, foram feitos investimentos em tecnologia, usabilidade e servidor, além de seguidos testes. Houve reestruturação do banco de dados, investimento na escalabilidade do sistema, aprimoramento de antigas funcionalidades e criação de novas. Os servidores saíram de um data center físico para um ambiente de computação na nuvem, o que torna possível inicializar instantaneamente centenas de servidores de acordo com a demanda.

Toda essa mudança aconteceu, segundo os rapazes, graças ao “aporte milionário” da Redpoint e Ventures, um dos maiores fundos de venture capital em atuação no Brasil, investidor do Grupo Xangô. Eles não citam o valor dos investimentos.

Como surgiu o Passei Direto?

Formado em comunicação social, e com pós-graduação em gestão de negócios, Rodrigo, que cursa agora administração de empresas na PUC-RJ, teve a ideia de criar a rede social com foco acadêmico e criou um site com o nome pouco atraente de Campus Virtual. Mas o site estava ruim, reconhece, e ele precisava de um sócio com bons conhecimentos de tecnologia não só para alavancar o site, mas também para, juntos, tentarem o apoio da 21212, aceleradora de startups, que abria seu processo seletivo.

A equipe do Passei Direto analisando o movimento do site (Foto: Lilian Quaino/G1)

A equipe do Passei Direto analisando o movimento do site (Foto: Lilian Quaino/G1)

Um amigo o apresentou a André, que cursa engenharia de computação também na PUC-RJ, e que também tinha um site de relacionamentos com foco acadêmico. Nasceu o Passei Direto, cujo projeto chegou a ser aprovado para ser acelerado pela 21212. Mas eles optaram pelo Grupo Xangô, que se interessou pelo projeto e ofereceu o seed capital. O início, segundo Rodrigo, foi bizarro.

“Primeiro a gente divulgou entre os alunos da PUC e, em poucos dias, um terço da universidade já estava cadastrada. De forma despretensiosa, expandimos para outras universidades. Aí foi uma coisa viral absurda, teve dias em que registramos 30 mil cadastros e 210 mil visitas”, conta.

Foi aí que eles decidiram fechar o sistema, ficar com 40 universidades, para preparar a volta em alto estilo tecnológico.

Versão Mobile e expansão para o Ensino Médio

Os rapazes anunciam para outubro a versão mobile do PD, para iOS e Android. E têm o plano audacioso de expandir o acesso à rede a usuários não vinculados a universidades, para que todos possam se beneficiar do conhecimento arquivado no banco de dados. Outra etapa do projeto é abrir o PD para o Ensino Médio.

Acesse o Passei Direto e descubra uma nova forma de estudar, que está dando muito que falar nos corredores das universidades: www.passeidireto.com.

Com informações do G1 e  Administradores

Baboom é o serviço de música do ex-Diretor do Mega, Kim Dotcom.

Kim Dotcom se desligou oficialmente do serviço de armazenamento de arquivos em nuvem Mega para se dedicar a outros projetos. Um deles era o já tão esperado serviço de músicas que seria conhecido como Megabox, porém, foi confirmado que a plataforma se chamará Baboom.

O criador do Megaupload revelou a informação ao TorrentFreak e ainda compartilhou o primeiro teaser do Baboom, que deverá “dar mais liberdade, transparência e controle aos artistas”, segundo Dotcom. O recurso deverá ser concorrente de Deezer, Rdio, Xbox Music e outros serviços de streaming.

Uma plataforma de música é um desejo antigo do fundador do Mega. Antes de janeiro de 2012 ele já flertava com a ideia, quando ele teve sua mansão invadida e o Megaupload fechado. Na ocasião, as autoridades também confiscaram o domínio megabox.com, que seria utilizado para o serviço.

— LEIA TAMBÉM: Mega oferece 50 GB gratuito na nuvem

Mesmo sem o domínio, Dotcom deu prosseguimento a ideia, agora com um nome diferente, ignorando seus problemas com a justiça e o pedido de extradição pelos Estados Unidos e dividindo esforços com o serviço de armazenamento Mega.

O Baboom, que será lançado no domínio Baboom.com, deverá oferecer um serviço que o empresário acredita ser revolucionário. Os usuários poderão escutar as músicas livremente sem pagar nada, com o financiamento do serviço e pagamento dos artistas saindo da publicidade. Contudo, também haverá a opção de pagar por uma alternativa livre de propagandas.

Dotcom liberou o teaser abaixo para mostrar a interface do serviço. Ele diz que já há vários artistas “top” acertados com a plataforma, mas a imagem é apenas uma demonstração de interface. Confira:

baboom

Com informações do Olhar Digital.

Geekie Games: plataforma estudantil tem inscrições abertas

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A PLATAFORMA ESTUDANTIL GEEKIE GAMES

Criado para ser uma ferramenta de apoio aos alunos do Ensino Médio da rede pública de ensino, o Geekie Games abriu suas inscrições para os estudantes no último dia 31 de agosto, para testar conhecimentos e prepará-los para o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

A plataforma é criada e coordenada pela Geekie, uma start up de aprendizado adaptativo que personaliza o ensino por meio da tecnologia, para que cada aluno desenvolva seus potenciais.

geekie-games-desafio-enem

(Foto: reprodução)

Como participar?

Para se cadastrar, os alunos interessados devem saber o número de suas matrículas e acessarem o site www.geekiegames.com.br, onde será efetuada a inscrição gratuitamente.

Para participar, o aluno deve se inscrever e realizar os simulados de cada uma das áreas de conhecimento do Enem, estudar na plataforma e realizar o simulado final durante a semana de 9 a 16 de outubro, que será aberto para todos os alunos, mesmo os que não estiverem utilizando a plataforma.

O aluno cadastrado passará por três etapas: exercícios voltados para as quatro áreas de conhecimento cobradas no Enem (Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Matemática e Linguagens); plano de estudo personalizado, baseado nos seus pontos fortes e fracos e simulado final online no mesmo formato do Enem.

As atividades são voltadas principalmente para alunos do terceiro ano, mas qualquer estudante dos outros anos do Ensino Médio pode participar dos testes e do simulado final, o “Geekie Games – O desafio do Enem”, utilizando a Teoria da Resposta ao Item (TRI) como método de avaliação.

A TRI é a mesma forma utilizada pelo Enem, que dá pesos diferentes para as questões de acordo com seu grau de dificuldade. A Teoria classifica o item de acordo com três parâmetros: proficiência, dificuldade e possibilidade de acerto ao acaso, o famoso “chute”.

O Enem será realizado nos dias 26 e 27 de outubro, com mais de sete milhões de candidatos já inscritos.

Para mais informações, acesse: www.geekiegames.com.br, ou ligue para (68) 3213-2356.

Com informações da Assessoria SEE/AC